sábado, novembro 26, 2005

estou ...

“Estou sentado á beira-mar, olhando o mar sem o ver.
Voa no meu pensamento, a dança e contradança de lembrar e esquecer.
Não sei se vou esquecer.

E enquanto sei e não sei;
Estou sentado á beira-mar, olhando o mar sem o ver.
Na tal dança, contradança de pensar e não pensar, pressinto que vou sentir lágrimas no meu olhar.
E enquanto sinto e não sinto, atiro pedras ao mar.”


Milan kundera
(foto de Tiago Estima)

16 comentários:

wind disse...

Já senti isso. Gosto muito de Milan Kundera:) Bonita foto. beijos

lique disse...

Um estado de espírito pelo qual já quase todos passámos, certamente. Mas Kundera di-lo de maneira sublime!
Beijinhos

Maria do Céu Costa disse...

Foi agradavel aqui encontrar e reler Milan Kundera. Beijinhos.

mfc disse...

Acho que todos temos momentos desses em que nos ocorrem mil e um pensamentos.... no entanto, exteriormente, parece que estamos apenas a atirar pedrinhas ao mar!

antonior disse...

Olá Su!

Gosto de tudo aqui!

Palavras e imagens em estado de graça.

:-)

Ana disse...

Podemos atirar pedras ao mar, ele será sempre o mar.Na dança das ondas embalamos o sentir.
Obrigada por trazeres, Kundera.
Um beijo.

antonior disse...

Olá, Su!

O teu comentário deu luz à minha manhã! Obrigado!

Disseste: "voltarei mil vezes e mil vezes amarei"....
Retribuo I-N-T-E-G-R-A-L-M-E-N-T-E-!

Beijinhos

dulce disse...

O mar tem esse efeito. Adormece-nos, embala-nos e faz-nos voar o pensamento.
Beijos e um bom domingo

Su disse...

wind...tb eu, beijos

lique...é bem verdade, um estado de espírito

maria do céu costa...merci,jinhos

mfc...concordo contigo:)

antonio...merci, mil cores para ti

ana...obga pelas tuas belas palavras

dulce..o mar, sempre o mar:))

jocas maradas de mar per tutti

António disse...

Deste gostei demais.
Do poema e também da foto.

Beijinhos

AS disse...

O mar compreende e perdoa as pedras que lhe atiras... quem não atirou já padras ao mar??!...

Beijos

Eva Shanti disse...

Lindo! Kundera e a foto, claro!

Bjs

A.na disse...

A insustentavel leveza...

AngelBoop disse...

É um estado de vazio....

Su disse...

antónio; eva; ...merci

frog..o mar não as compreende, mtas vezes nem eu pp as compreendo:) quem não está perto do mar!!! q é tanta gente:)))


angel...não é bem....

jocas maradas per tutti

Paula Raposo disse...

Uma beleza...é mesmo assim que acontece!