segunda-feira, novembro 14, 2005

Até o alvorecer

Deixa nascer a lua
e não me importarei que a aurora te leve.
Deixa adormecer a noite
antes que te decidas partir.
Não lamentarei os destinos todos do amanhã
se estiveres comigo.
Ouviste o silêncio?
Ele conta lindas histórias.
Espera.
O sol não demora
e conta coisas quando chega.
Espera eu dizer outra vez
que te gosto
e derrama esse mel dos olhos pros montes dormidos
enquanto a noite já é madura.
Até o alvorecer

(Luiz de Aquino)

15 comentários:

Clitie disse...

"derramo esse mel nos olhos"... que bonito.

Bjks

dulce disse...

Deixar adormecer a noite, é lindo!
Beijos (doces)

wind disse...

Belíssimo poema, um verdadeiro hino à noite e ao amor. beijos

Nilson Barcelli disse...

Um poema muito bom.
Ou a arte de entreter...
Beijinhos

Insolente disse...

o sliencio pode realemtne ser muito esclarecedor... ora entao um grande bem haja e bela lua :p

AS disse...

"Deixa nascer a lua
e não me importarei que a aurora te leve.
Deixa adormecer a noite
antes que te decidas partir.
Não lamentarei os destinos todos do amanhã
se estiveres comigo."

Belissimo! Haverá maior dádiva de amor?

Um beijo grande

Su disse...

clitie; dulce; wind; nilson; insolente; frog

jocas maradas de mel, per tutti

F.Marinho disse...

Adorei e aqui te deixo o meu pequeno contributo.

ODE À SAUDADE

Na fonte da saudade
bebo a água da tristeza
Sobre, triste maldade, a morte linda beleza.

Esquecimento do breu;
despedida do corpo.
Afogo a mágoa do espírito na fundura do copo

Ninfa branca do tédio.
Moribundo seja o fumo.
Expirado o riso sério do sono triste que durmo

Lembra-te do mar profundo de que a ode sempre falou:
mar belo, triste mundo, onde a vida terminou;
do rio, que corre subindo, de sangue que derramou;
do corpo tão trucidado, pelo corpo que o matou.

Foste a linda beldade, o branco, frio, da beleza.
Na fonte da saudade
bebo a água da tristeza.

F.Marinho

Su disse...

f.marinho....adorei teu pequeno grande contributo, gosteiiiii

jocas maradas per te

lique disse...

Que lindo, não é? Ternura, amor, já saudade.
Beijinhos

mfc disse...

O amor e a noite, dois elementos inseparáveis e "qui vont très bien ensemble"!

Su disse...

lique...ternura/saudade/ternura

mfc...trés bien...ensemble; merci

jocas maradas

Mocho Falante disse...

Ai a noite a noite é definitivamente dos amantes

margusta disse...

Su,
....vim deixar só um beijinho de agradecimento...desculpa a visita rápida...mas na fase que atravesso o tempo é muito pouco...
Outros dias virão...
Jinhoossssss.

marakoka disse...

mocho...a noite...as noites..:):)

margusta..beijinhos para ti e sempre muita força

jocas maradas
su