domingo, agosto 27, 2006

foto antonio manuel pinto silva

Ah, que ninguém me dê piedosas intenções! Ninguém me peça definições! Ninguém me diga: "vem por aqui"! A minha vida é um vendaval que se soltou. É uma onda que se alevantou. É um átomo a mais que se animou...
jose régio

10 comentários:

Eridanus disse...

! enfant terrible !

bon jour :)

Reporter disse...

Efeito de "postar" de madrugada.
Mas um efeito positivo.
Fazes sempre grandes escolhas.
Um beijo

Carlos disse...

Eu queria trazer-te uns versos muito lindos...
Trago-te estas mãos vazias,
Que vão tomando a forma do teu seio.............

pb disse...

a tua via é um vendaval imenso ? e quando acalmas ? beijokas

wind disse...

Como te entendo:)
beijos

Su disse...

reidanus....toujours:)))))))

reporter....mil beijos para ti e te cuidaaaaaaaaaaa

carlos....ops q vão tomando a dorma do meu...............:)

pb....é sim.... não sei...... jocas

wind....merci.beijos


jocas maradas per tutti

martim disse...

belíssima admonição regiana! beijo certo!

Luís Oliveira disse...

Bem que me apetecia umas jocas de marar.
Para variar...
Joooooooooooooocas de marar e mais qq coisa, pode ser?

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

Adorei o poema que partilhaste connosco. Obrigada. Mais uma excelente fotografia também!
Estou de regresso e é bom voltar a ler-te. Um beijo

Anónimo F P / FN disse...

Reporter não te cuides que a mãezinha trata de ti..