quinta-feira, agosto 03, 2006

era assim:
queres?
queres algo?
queres desejar?
desejas querer?
desejas-me?
desejas querer-me?
queres desejar-me?
queres querer-me?
queres que te deseje?
desejas que te queira?
queres que te queira?

quanto me ___queres?

quanto me _____desejas?

ah - quanto te quero
quando te quero
quando me queres...

Ana Hatherly
um calculador de improbabilidades
Quimera
2001

11 comentários:

José Alberto Mostardinha disse...

Olá Su:

Se fosse comigo respondia:
- Quero-te de qualquer maneira! Em pé, deitada, de costas, de frente, sentada...de qualquer maneira.

Um beijo,

Su disse...

jose a.m. ...ehehehe fizeste.me rir.....ok...jocas maradas

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

Vou comprar uma máquina de calcular...
;)
Beijos e bom fim de semana

hl disse...

Tanta dúvida e indecisão no desejo que ainda não se sabe se é desejo:)
Beijinhos:)

Reporter disse...

Sim...

Anónimo disse...

SO PARA DIZER QUE GOSTO MUITO DO SEU BLOG!
BEIJOS!
SUSANITA

wind disse...

Este poema é espectacular pelo "jogo" de palavras:)
beijos

jmideias disse...

Quero...


BFS

BEIJOKAS

AS disse...

Belissimo jogo de palavras!...

Um beijo e bom fim de semana

Daniel Aladiah disse...

Querida Su
Como não se fala de um acontecimento impossível, então a probabilidade existe... ;)
Um beijo
Daniel

marakoka disse...

nadir; hl; reporter; wind; jmideias; frog; daniel......

jocas maradas de palavras