segunda-feira, agosto 21, 2006

confissão

foto de A.Brito

Que esta minha paz e este meu amado silêncio
Não iludam a ninguém
Não é a paz de uma cidade bombardeada e deserta
Nem tampouco a paz compulsória dos cemitérios
Acho-me relativamente feliz
Porque nada de exterior me acontece…
Mas,
Em mim, na minha alma,
Pressinto que vou ter um terremoto!
Mario Quintana

15 comentários:

BIGMAC disse...

A paz faz bem à vida
Na vida existe mais que a paz
Procuramos comer e beber
Procuramos não perder e sempre ter
Buscamos mais ter para poder viver
Desquilíbrios quem não os têm
Só quem não vive
Existem para reforçar o momento do ter quando não se tem
É isso que nos faz andar...

Escrevi isto agora não sei porquê, só te queria convidar, se gostas de humor a ver este blog Bigmac no Vaticano


Mas nem saiu mal... Abraços e terramotos

wind disse...

Mário Quintana, genial poeta, que aqui escreve como muitosde nós estamos às vezes:"aparentemente calmos", mas um "vulcão" cá dentro.
beijos

Eridanus disse...

Os sismos, como se sabe, são episódios de re-equilíbrio da dinâmica de falhas da crosta terrestre, por libertação de tensões, mas a sua causa pode ser bem interior...

... como tais, são episódios de retorno à tranquilidade.

Agora passando para o outro lado da metáfora, também nós, por motivos interiores, sentimos por vezes a necessidade de libertar tensões (ou serão paixões?)...

... ignorando que assim outra coisa não fazemos senão regressar «àquele estado tranquilizador mas profundamente insatisfatório a que se chama 'estar no seu perfeito juízo'»...

... então... então o quê ? :)

jocas cataclísmicas para ti !

martim disse...

aqui me encontro, sem abalos. bjos.

inBluesY disse...

Tem dias assim :) dias diferentes.

1 BJ*

marakoka disse...

bigmac...tb eu..não sei pq:))))) eu gosto de lguns tipos de humor..claro q irei ver....terramotos


wind.....tb o adoro....como costumo dizer...tremo por dentro e assim niguem vê....beijos

eridanus.....como gosto de ler.te
pois é ..um sismo.....um libertar de tensões...um retorno ao pacifico (mar)....e então? jocas de marar:))

martim....que bom saber...beijo

inbluesy....eu tenho resmas/paletes de dias assim....sou excessiva em tudo...:) bjo


jocas maradas de sismosssssssss

Uxka disse...

São os melhores sismos, os que acontecem lá dentro, escondidos dos olhos dos outros.

AS disse...

Excelente texto! Mas apesar de tudo, os terramotos acontacem também dentro de nós!...


Beijos

JSilvio disse...

=)
bonito =)
foto "estranha" =)

CM disse...

Também... confesso!
Beijo...

pb disse...

uma grande verdade, quantas vezes por fora estamos aparentemente em paz e por dentro fervemos que nem um vulcão....beijokas

Lmatta disse...

esplode
passa
beijos

Joaquim Amândio Santos disse...

a quietude do preciso momento que atencede a vulcânica refrega guerreira...

Ana P. disse...

Que foto e que palavras...

beijinho

Su disse...

uxka...são spre os melhores e os piores:))))

frog...spre em nós:)bjo

silvio..:)))))

eu...me confesso:)

pb....muitas vezes estamos assim...muitas....jocas

lmatta....jocas explosivas

jas....belas palavras:)

ana.p...:))))))


jocas maradas per tutti