sábado, julho 18, 2009

camara lenta

desafio deixado pela Marta em 10 de julho-----------------------------------adiar, é a palavra exacta para esta demora--------------------------------------------mas não consigo condensar cinco situações da minha vida dignas de passarem em câmara lenta, dái ter decido colocar as palavras de Fernanda Mello , fazendo.as minhas



Gosto de pensar assim: se a gente faz o que manda o coração, lá na frente, tudo se explica. Por isso, faço a minha sorte. Sou fiel ao que sinto. Aceito feliz quem eu sou. Não acho graça em quem não acha graça. Acho chato quem não se contradiz. Às vezes desejo mal. Sou humana. Sou quase normal. Não ligo se gostarem de mim em partes. Mas desejo que eu me aceite por inteiro. Não sou perfeita, não sou previsível. Sou uma louca. Admiro grandes qualidades. Mas gosto mesmo dos pequenos defeitos. São eles que nos fazem grande. Que nos fazem fortes. Que nos fazem acordar. Acho bonito quem tem orgulho de ser gente. Porque não é nada fácil, eu sei. Por isso continuo princesa. Continuo guerreira. Continuo na lua. Continuo na luta. No meio do caos que anda o mundo, aceitar é ser feliz.


7 comentários:

wind disse...

Gostei:)
Beijos

Vekiki disse...

Não te conheço mas sinto que gosto de ti e gostei de te conhecer pelas tuas palavras, para variar :-)

Su disse...

wind; vekiki; ....


merci e jocas maradas para ambas

Isaura Pereira disse...

Amei ;) Boa escolha nas palavras ;)

Jocas

Marta disse...

lindo! muito como te imagino :)

obrigada :)

beijos, muitos

Porcelain Doll disse...

Curioso... interessante... :)

sonja valentina disse...

.... continua assim!!!
jocas. maradas! =))