terça-feira, maio 12, 2009

todas as palavras

Há palavras que fazem bater mais depressa o coração – todas as palavras – umas mais que as outras, qualquer mais que todas.
Conforme os lugares e as posições das palavras.
Segundo o lado de onde se ouvem – do lado do Sol ou do lado onde não dá Sol.
Cada palavra é um pedaço de Universo.
Um pedaço que faz falta ao Universo.
Todas as palavras juntas formam o Universo.
As palavras querem estar nos seus lugares!
Almada Negreiros

7 comentários:

ηatalie αfonseca disse...

Há palavras que nos beijam

Há palavras que nos beijam
Como se tivessem boca.
Palavras de amor, de esperança,
De imenso amor, de esperança louca.

Palavras nuas que beijas
Quando a noite perde o rosto;
Palavras que se recusam
Aos muros do teu desgosto.

De repente coloridas
Entre palavras sem cor,
Esperadas inesperadas
Como a poesia ou o amor.

(O nome de quem se ama
Letra a letra revelado
No mármore distraído
No papel abandonado)

Palavras que nos transportam
Aonde a noite é mais forte,
Ao silêncio dos amantes
Abraçados contra a morte.

Alexandre O'Neill

:)))))))))))))

Todas as palavras são essenciais para a sobrevivência. Eu sei, eu sei! Não me calo. Nunca me calarei. ;) Beijinhos, Natalie

Marta disse...

Grande Almada!

Grande Su!

Lindo. Tudo :)

bjos, muitos

Vekiki disse...

Lindas palavras :-)
Mais umas para eu guardar. Para recordar.
Bjs

Xana disse...

Há palavras que nunca queriamos ouvir , outras que queremos e nunca nos chegam aos ouvidos .
beijinhos :)

Fernanda disse...

Tantas palavras...e ás vezes basta apenas só uma... para que tudo se transforme dentro e fora de nós...


Uma abraço sem mar

PS. Este blog está cada vez melhor..:))

Su disse...

natalie......adorei o poema, valeu
e não te cales, nunca....

marta....imenso.....sempre

vekiki....guarda como as guardei tb


xana...são tantas as palavras

fer....merci:)


(...)Conforme os lugares e as posições das palavras.(...)


jocas maradas....sempre.....

Porcelain Doll disse...

O valor e o sentido das palavras depende mais de quem as escuta, do que das palavras em si...

Beijinhos!!