terça-feira, maio 12, 2009

acessos

foto de bruno silva

Já senti tantos acessos de alegria e tristeza que nunca mais me deixarei arrastar por elas à primeira vista.” Shakespeare

8 comentários:

B disse...

então para um acesso de alegria...quantas vezes é preciso eu voltar aqui mesmo??

Su disse...

B...eheheh valeu a gargalhada, não esperava um comentario assim. merci.
jocas maradas

BaBy_BoY_sWiM disse...

Não consegui comentar o outro post do Savoy...

Se o Savoy não existisse, eu não existia... Porque foi lá que os meus pais conheceram-se...

Por isso, o Savoy é parte de mim...

Beijinhos Su

B disse...

amanhã parto para a Madeira, eu mato saudades por ti :)

Su disse...

B....mas eu estou aqui,,,,,,,,,,,,,,eheheheheh

as velas ardem ate ao fim disse...

Ha tanta suavidade em nada dizer e tudo se entender.Fernando Pessoa

Sinto o em ti no teu blogge vai daí premiei te no Velas!

um bjo

Porcelain Doll disse...

:) Shakespeare tem razão... com o tempo acabamos a não nos deixar arrastar... a oferecer naturalmente resistência a esse processo... mas não sei se não perdemos com a troca... :)

Beijinhos!!!

Pedrasnuas disse...

QUANDO SÃO ACESSOS VÃO-SE RAPIDAMENTE...PERDEM CREDIBILIDADE