domingo, maio 17, 2009

leio.te

foto de Alfio Torrisi

"Leio-te este poema com sílabas em vez de versos.
Tem a medida dos teus dedos, e ponho no teu peito como um colar em que as contas são palavras, o fio que se faz da tua voz, e o fecho se abre nos teus lábios.
Vejo a estrofe cobrir-te, como um vestido de flores, e sacodes os cabelos para trás das costas, libertando de rimas e de sombras o teu colo.
E desaperto-te a cintura, onde métricas e metamorfoses se juntam, para que sejas só tu, comigo, e entre mim e ti se dissolva a poesia"
Nuno Júdice, Musa, Geometria Variável, Dom Quixote

7 comentários:

Fernanda disse...

"Tem a medida dos teus dedos,
e ponho no teu peito
como um colar em que as contas são palavras, o fio que se faz da tua voz, e o fecho se abre
nos teus lábios."

Só alguns é que têm o dom de fotografar o AMOR com palavras...

Este poeta... Nuno Júdice é um deles...:)

A fotografia,...enfim,...é tudo bonito demais por aqui...:))

wind disse...

Tão belo:)
Beijos

Su disse...

fer, wind......

ele explica tão bem os sentires...


jocas maradas para ambas

Teresa Queiroz disse...

um beijinho

gostei de voltar a passar por aqui ... :)

teresa

Chinezzinha disse...

Su,
Gosto tanto dos poemas de Nuno Júdice...

Hoje, estive a ver melhor este teu blog e que dizer? Fiquei a gostar mais. É lindíssimo.

Um beijinho

AugustoMaio disse...

Ficou maravilhoso. com a ajuda da foto e.... o seu a seu dono... grande Nuno.
Enfim, belíssimo post.

Marta disse...

Absoluto. Amei. tudo.





óh mulher linda :)

bjos