segunda-feira, maio 11, 2009

sentir

foto de luis reininho
Como se ela não tivesse suportado sentir o que sentira, desviou subitamente o rosto e olhou uma árvore.
Seu coração não bateu no peito, o coração batia oco entre o estômago e os intestinos.

Clarice Lispector

6 comentários:

Peach disse...

a clarice é fantástica nos pensamentos. sim, por vezes sentimos-nos ocas por dentro.

beijooo

Zeze disse...

Linado texto e linda foto, tão linda que chega a doer...

E agora você vai nos contar sete coisas que a fazem sorrir! Passe no meu blog www.semcensura.blogspot.com e descubra as regras do jogo.
beijinho
Zezé

Su disse...

peach....completa.mente.,.,..

zeze...merci, passarei

jocas maradas para ambas

Fernanda disse...

É,...quando o bater do coração se instala na garganta...e nos impede de falar...

Fotografia... palavras...é tudo perfeito por aqui...:)))

Beijo

Margarida Piloto Garcia disse...

Foto e poema em consonância e o nosso eu cravado deste sentir.Parabéns.

Marta disse...

Basicamente o meu coração bate, onde Clarice quiser :)


beijo grande, menina linda