quarta-feira, junho 03, 2009

O DOM DA POESIA


Deixa a palavra escorregar,

Como um jardim o âmbar e a cidra,

Magnânimo e distraído,

Devagar, devagar, devagar.

Boris Pasternak (1890-1960)

2 comentários:

Vekiki disse...

Lindo :)

Su disse...

vekiki............tb achei q sim. jocas maradas