quinta-feira, abril 23, 2009

aqui

foto de Tiago Phelipe
aqui está o fogo, bebe. aqui estão as estrelas cujos nomes alguém inscreveu a sangue. aqui está a terra onde me sepultarás. longíquos dias, travessia de séculos, noites perdidas na inutilidade irrequieta dos quartos-minguantes. aqui estou, perdido para sempre, sozinho, quase sem mim, a evitar o pior.pego num cigarro, fumo-o sofregamente. desejo-te ainda. se o telefone tocasse, se batessem à porta, se me apetecesse sair daqui. já não estou contigo nem com os outros. eles estão vivos, movimentando-se. eu não sei se estou vivo, imobilizo-me. os cães ladram junto à janela, ouço-os cada vez mais longe.
Al Berto, in excerto de "O Medo"

4 comentários:

Peach disse...

Adoro Al Berto (Perco-me nas palavras dele), e adoro essa foto, que por acaso tenho no meu blog :)

obrigada pelo apoio que me tens dado com os teus comentarios, neste momento menos bom.

um beijo enorme*

Su disse...

peach.....somos duas perdidas nas palavras de al berto....
.esta foto é a 2º vez q a post..é linda, não é?
..nada a agradecer,, força, muita
e jocas maradas.sempre

O Intelectual Distraído disse...

Então, minha amiga..
Al Berto perco-me nas palavras.
Olha, o teu blog está cada dia melhor

Kiss

:)

Su disse...

o intelecual distraido.....perdida nas palvras e nos sentires...jocas