segunda-feira, outubro 16, 2006


Vive a vida o mais intensamente que puderes.
Escreve essa intensidade o mais calmamente que puderes.
E ela será ainda mais intensa no absoluto do imaginário de quem te lê.
Vergílio Ferreira












foto de Monica Benedetti

13 comentários:

wind disse...

Interessante pensamento:)
beijos

lingua disse...

Um dos meus escritores preferidos.
Regresso com menos intensidade. Por um triz que não voltei rio e então seria "perseguir até ao fim achar o mar",António Ramos Rosa. Assim não sei ainda o que serei. Logo se vê.

cafundó disse...

Não conhecia o texto, pesquisarei mais o poeta, bom gosto!

as velas ardem ate ao fim disse...

lindo o texto deste magnifico poeta.

Facil de dizer...dificil de viver..

Teresa David disse...

Que belo conselho a seguir! E se conseguir tudo ficará certamente mais agradável á nossa vida.
Bjs
TD

Olivia Palito disse...

É por isto que eu gosto tanto de aqui vir. Saio sempre com a certeza de ter aprendido mais um pouco. Beijos

Frioleiras disse...

Eu... penso assim...Hedonismo? talvez... mas,
"quem não vive como pensa, acaba por pensar como vive ..."

mfc disse...

É bonita a forma calma como nos diz que temos que viver a vida sofregamente.

pb disse...

um óptimo pensamento, o dificil é conseguir segui-lo....beijokas

Anónimo disse...

É isso mesmo! Beijo!

Fernando Rozano disse...

Texto belo e verdadeiro. Um achado o teu post. beijos.

Su disse...

wind; lingua; cafundó; as velas ardem até ao fim; teresa david; olivia palito; frioleiras; mfc; pb; calca; fernando....

jocas maradas per tutti

AS disse...

Viver intensamente!... como existe tanta verdade nisto!...

Um beijo!