sábado, outubro 14, 2006

cores

fotos de marcio negrão

19 comentários:

Anónimo disse...

As flores são o sexo de algumas plantas. Que sorte, terem sexos tão lindos!

mfc disse...

Dá vonte de as... não colher!! Para que todos as possam ver assim tão lindas.

AS disse...

Pura beleza!!!


Beijos

Anónimo disse...

A forma de expressão tem cor seja ela qual for!

Mas as cores diferem, tomam a cor e a forma do sentir de quem as transmite e de quem as recebe…

A vida é um circulo de cores, como um arco íris...

As formas de expressão e as suas cores são um mundo, dentro do nosso mundo…

beijos e bom domingo

animadverto disse...

Cores... outrora simbolo de viva, de ambundancia, sinónimo de sentidos, de imaginação de quem as usa para pintar, pondo o seu Id nas malhas de uma visão atenta. Outrora banais. Hoje fotografadas por alguns, pintadas por outros. Algumas na retina de uma memória. Outras bem pagas dentro de uma moldura. Ontem sentidas. Hoje pintadas. E quem paga, sente o que pagou, não as cores. Hoje, só um cego as sente.

hfm disse...

Belíssima. As cores da primeira são de primeira água, passo a redundância...

PF disse...

Adoro estas fotos de flores em pormenor.
Estão lindissimas, assim como os textos que publicaste no teu blog.

Rosa dos Ventos disse...

Lá fora o Outono, aqui a Primavera em grande esplendor!

Delfim Peixoto disse...

Vale ver essas cores e despertar para a vida....lindas
bjs ternos

pb disse...

belissimas flores e belissimas fotos, algo sensuais estas flores . Jokas

Mitsou disse...

Lindas!!

Parabéns ao fotógrafo e obrigada a ti por tão delicada escolha.

Obrigada pela visita ao "golden oldies" e um beijinho com votos de óptima semana

martim disse...

cores preciosas que estimulam a vida e o imaginário. bjo.

wind disse...

belas!:)
beijos

Frioleiras disse...

eróticas ...

Bazuco disse...

Contrações

Abre e fecha
flechas de desejos
flashs instantâneos
quando penso em ti...
Pulsa o pulso
pulsa a flor que arde
curtas contrações
longos arrepios...
Abre e fecha
sangue bombeando
vida latejando
rega esse navio...
Pulsam bicos
seios bolinados
duros, retesados
querendo implodir...
Flor-de-cheiro
doce à la pom-pom
molha tua boca
sente quanto é bom...
Abre e fecha
pulsa e repuxa
flor-da-contração
arde de tesão
abre minhas coxas
rompe tuas forças
seca minhas poças
e deglutes
todas as flores roxas
que um dia
desabrochaste...


Desculpa-me a ousadia Su mas, quando olhei essas flores lembrei-me deste lindo poema de Isabel Antunes

Su disse...

calca; mfc; frog; woman; animadverto; hfm; my deepest thougts; rosa dos ventos; defim peixoto; pb; mitsou; martin; wind; froleiras; bazuco (adorei).......

jocas maradas de cores per tutti

mixtu disse...

lindas cores...

arte...

beijos europeus

dulce disse...

A pureza e o brilho!
E tudo obra da natureza!
Beijosss

angel disse...

Me ha gustado esta composición de forma y color de la belleza efímera e intensa que has sabido recrear. Un gusto vistar y recorrer tus espacios.

Saludos...