quinta-feira, outubro 13, 2005

Pt


Portugal é o parente pobre da Europa.
O pior de tudo é que não tem nenhuma tia rica.

8 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Nem eu.
Como diria o outro: só me apetece ganir... ou antes, fugir.
Beijinhos.

Amaral disse...

tchÉ verdade! Sem tia rica e sem gente dinâmica e desinteressada, que faça sair este pedaço do planeta da pobreza em que caíu…
O português parece que se satisfaz com o desnorte de quem não sabe o que quer…

Paulo Figueiredo disse...

como alguem há dias escrevia nestas andanças da blogosfera:
" a europa não é aki "

Dilbert disse...

Europa... Europa... sim... começa ali depois de Elvas, não é ?
Beijokas...

mfc disse...

Mas há quem tenha sobrinhos ricos na Suiça como o Isaltino!!!

terragel disse...

SU, pior é o Brasil que é filho bastardo de Portugal. Agora tirando as brincadeiras, Portugal só vai sobresair-se, resurgir, quando o povo quizer, quando os jóvens se juntarem num único objetivo. Talvez eu até esteja falando besteiras, mas não consigo pensar em outro modo de crescimento, tanto industrial como cultural.
Bjs

Su disse...

nilson... eu tb vou fugir:))))))
amaral...o pt é desnorteado mesmo!
paulo ... prefiro "qui"
dilbert ... é pois.
mfc...pois há, muitos mesmo....
terra... em tudo é preciso querer e merecer:)

jocas maradas per tutti

eubozeno disse...

Já estou como o António Nobre (Só) sobre os nomes das lanchas dos poveiros «Que linda vai com seu erro de ortografia...»
Quem sabe se esta escrita não é uma lancha à procura de uma nova linguagem? E até já foi descoberta nos email, nos chats e nos sms. Ainda bem que ninguém possui título de registo de propriedade da língua e da linguagem.