quarta-feira, abril 16, 2008

Pudesse Eu


foto de Airam-Xu

Pudesse eu não ter laços nem limites
Ó vida de mil faces transbordantes
Para poder responder aos teus convites
Suspensos na surpresa dos instantes!
Sophia de Mello Breyner Andresen

5 comentários:

Sorrisos em Alta disse...

Asssutaste-me miúda!!!

Pensei que, com os copos, te tinha feito algum convite!!!

Nunca mais bebo!!!
(glup)

Nuno disse...

Sempre umas fotos fantásticas e com uma escolha de poemas fabulosa. Outra coisa não seria de esperar de ti...

Beijos

mfc disse...

As mais das vezes a vida tolhe-nos!

Su disse...

sorrisos.....ena que medo:)))) o teu:)

nuno...merci....

mfc....vero


jocas maradas sempre

ines disse...

pudesse eu... e tu, e tu e eu!

(ninguém nos agarrava)