quinta-feira, março 12, 2009

vertigem


foto de miguel peres

Não há uma fatalidade exterior.
Mas existe uma fatalidade interior:
há sempre um minuto em que nos descobrimos vulneráveis;
então, os erros atraem-nos como uma vertigem. "


Antoine de Saint-Exupéry

5 comentários:

Fernanda disse...

Concordo plenamente.
Há alturas em que a nossa fatalidade interior, nos empurra para o abismo...
São, as nossas dúvidas, as nossas incertezas que nos tornam vúlneráveis...quando mais precisavamos de ser fortes.

Beijo e até breve

Vekiki disse...

Ontem também "postei" vertigem...sintonia!

~pi disse...

vertigem

v

e

r

t

i

g

e

m


( com-asas! :)



~

Mlee disse...

"há sempre um minuto em que nos descobrimos vulneráveis" ... aí o melhor mesmo é ficar quietinha no meu canto ...

Pedrasnuas disse...

Existe a fatalidade de dares de caras contigo e descobrires que és lesável... somos todos...
Não sei se atraem ...ou se nos traem!!!
Será mesmo uma fatalidade? Ou conhecimento e libertação?

Jocas maradas