quarta-feira, fevereiro 27, 2008

Reconhecimento à Loucura

foto de Bruno Miguel Zhu
Já alguém sentiu a loucura
vestir de repente o nosso corpo?
Já.
E tomar a forma dos objectos?
Sim.
E acender relâmpagos no pensamento?
Também.
E às vezes parecer ser o fim?
Exactamente.
Como o cavalo do soneto de Ângelo de Lima?
Tal e qual.
E depois mostrar-nos o que há-de vir
muito melhor do que está?
E dar-nos a cheirar uma cor
que nos faz seguir viagem
sem paragem
em resignação?
E sentirmo-nos empurrados pelos rins
na aula de descer abismos
e fazer dos abismos descidas de recreio
e covas de encher novidade?
E de uns fazer gigantes
e de outros alienados?
E fazer frente ao impossível
atrevidamente
e ganhar-Ihe, e ganhar-Ihe
a ponto do impossível ficar possível?
E quando tudo parece perfeito
poder-se ir ainda mais além?
E isto de desencantar vidas
aos que julgam que a vida é só uma?
E isto de haver sempre ainda mais uma maneira pra tudo?

Tu Só, loucura, és capaz de transformar
o mundo tantas vezes quantas sejam as necessárias para olhos individuais
Só tu és capaz de fazer que tenham razão
tantas razões que hão-de viver juntas.
Tudo, excepto tu, é rotina peganhenta.
Só tu tens asas para dar
a quem tas vier buscar

José de Almada Negreiros,Poemas,Assírio & Alvim

12 comentários:

gôs disse...

"impossible is nothing" [by nike], by me

wind disse...

Fantástico!
Beijos

Alien David Sousa disse...

Brilhante Su.
Beijinhos

Claudia Perotti disse...

Amei isso!
Beijinhossssss

António Almeida disse...

de são e de louco... todos temos um pouco!

© Piedade Araújo Sol disse...

Lol

não conhecia este...

beij

as velas ardem ate ao fim disse...

Esta fantastico espe post!
E viva os loucos,Os marados, os que se mostram como são!

bjo enorme

Fábula disse...

poema fabulosamente louco! ;)

Daniel Aladiah disse...

A loucura foi reconhecida e agora? Denunciámo-la?... :)
Um beijo
Daniel

Fernando Rozano disse...

Extraordinário e instigante texto. abraço.

Su disse...

gôs; wind; alien; claudia; antonio; piedade; as velas; fabula; daniel; fernando....


jocas maradas...sempre....com loucura:)))))

Vanda disse...

Com muita loucura.


Dessa já falada e da outra, reinventada. Por nós, em cada dia que passa...


Beijo, bom fim de semana,

Vanda