sábado, fevereiro 23, 2008

Ausência


foto de Catarina Paramos

Ausência
Por muito tempo achei que a ausência é falta.

E lastimava, ignorante, a falta.
Hoje não a lastimo.
Não há falta na ausência.
A ausência é um estar em mim.
E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços,
que rio e danço e invento exclamações alegres,
porque a ausência,
essa ausência assimilada,
ninguém a rouba mais de mim.
C.D.A.

3 comentários:

wind disse...

Como CDA, conhecia o sentimento de algumas pessoas.
Beijos

cvalente disse...

Quando passar pelo meu canto tem uma nomeação para levar
Saudações amigas, e bom domingo.

Alien David Sousa disse...

Bonito.Ponto final.
Beijocas