terça-feira, julho 03, 2007

CERTEZA


De tudo, ficaram três coisas:
A certeza de que estamos sempre começando
A certeza de que precisamos continuar
A certeza de que seremos interrompidos antes de terminar

Portanto devemos:
Fazer da interrupção um caminho novo
Da queda um passo de dança
Do medo uma escada
Do sonho uma ponte
Da procura um encontro
Fernando Pessoa

5 comentários:

António Almeida disse...

eu tenho mais incertezas que certezas...

as velas ardem ate ao fim disse...

Sempre a incerteza.


Genial.

bjinhos

sinha disse...

uma descricao adequada da nossa passagem no tempo....

beijinhos

Arion disse...

É isto mesmo. Por isso quando me dizem "tenho uma dúvida", quando dou por mim já retorqui "eu tenho tantas..." Obrigado!

A.S. disse...

As certezas não existem...