domingo, março 05, 2006

verbos


OLHAR..................

CHEIRAR..............

TOCAR................

SENTIR...........

28 comentários:

JSilvio disse...

verbos apropriados à imagem :P ;)

tem uma boa cena jokas..semi-maradas***

wind disse...

Um apelo a 4 dos 5 sentidos que temos:) Boa foto. beijos

JPD disse...

Digamos que serão esses quatro os verbos básicos dos afectos...Ha muitos mais!
Bjs

Å®t_Øf_£övë disse...

Su,
Para mim esses são os verbos dos sentidos...
Boa semana.
Bjs.

Cristina disse...

os nossos sentidos mais sensuais
:)
tem uma boa semana, beijinhu

Ana disse...

Provar?!

sonia r. disse...

Apenas olho.
Boa noite Su e uma boa semana.

Bjinho.

eco de mim disse...

falta um... degustar! ;)

antona disse...

AMAR...


beijos

Spiritman aka Bacardiman disse...

Verbos de harmonia, de paixão, de movimento intenso... gostei sim!!!
Mas para a próxima põe uma foto de uma gaja negra (leia-se preta, mulata ou cabrita)! Lol lol lol

Bjs mixed by Jameson 12 anos!!!

Luís Oliveira disse...

Gosto, sobretudo, de sentir e experimentar.
Bjs

dulce disse...

Saborear!
Beijos.

Silêncios disse...

Verbos fundamentais á nossa vida...

lique disse...

Para os cinco sentidos, falta saborear, como já foi dito. E saborear engloba todos os outros... :)
Beijinhos

lince disse...

Conjugar tantos verbos numa só imagem, não é nada fácil.
Parabéns.

Armando S. Sousa disse...

Acho Mónica Belucci, uma das mulheres mais bonitas da actualidade!
Ai Mónica!!!
Jocas maradas!

FZ disse...

Ora aqui estão uns verbos que não me importava nada de conjugar (e conjugo!), de preferência no presente.

Beijinho conjugado.

Paulo Figueiredo disse...

e é mesmo por essa ordem!

Neith disse...

Combinação perfeita entre palavras e imagem ;) Beijinhos :)

Su disse...

maxikeiro.....boa cena para ti tb miúdo:))))

wind...gostei:)

jpd...há muitos mais...:))

art....são os sentidos sim e falta um:)

cris...todos os sentidos o são:)

ana..sim provar:))

safo...boa noite:))

eco de mim..acertou:)))))))))))

antona...a.mar....

bacardim... já sei , já sei das tuas preferencias...volta logo:))))

luis oliveira...é sentir:))

dulce...pois é, saborear:))))

lince..fica então a olhar:))))

ésse...eu não disse, mas o sábio sabia, pois é mónica per te:))))

fz...fazes bem, devemos todos conjugar:))))

paulo....:)))))

neith..merci:))

jocas maradas per tutti

reverse disse...

Olhar, cheirar, tocar e sentir. Os sentidos bem despertos para o amor ... Tão importantes todos eles...
Olha, inadvertidamente apaguei o teu comentário ao meu último post. Peço desculpa. Se quiseres voltar e deixar de novo, está à vontade.
Bjs e sempre feliz com a tua visita.

Clitie disse...

AMAR...

Bjks

Caracolinha disse...

Isso tudo podia ser eu ... uma mulher dos sentidos !!!!

Beijoca encaracolada !!!!

Quer dizer .... quando digo "isso tudo podia ser eu" não me refiro à senhora da foto .... refiro-me aos verbos claro !!!!

:))))))))))

Freddy disse...

Até parece um anúncio da Coca-Cola de há uns anos largos...;)

Aromas Do Mar disse...

O tempo é escasso para um mundo de coisas, e a blogosfera exige tempo e dedicação, dedicação essa, que de momento me está a ser impossível manter. Por tudo isso estarei ausente por uns tempos, talvez um dia eu volte..., quem sabe.
Agradeço todos os momentos de companhia neste mundo e o carinho sempre demonstrado.
A vida é sempre feita de opções!

Um beijo da Lina/Mar Revolto

365dias disse...

bons verbos.. humm
bjs

Anónimo disse...

Hummmm...tão bom, nao é?

Carlos disse...

O sexo é sagrado...
O sexo é sagrado,
como salgadas são as gotas de suor
que brotam dos meus poros
e encharcam as nossas peles.
A noite é o meu templo
onde me torno uma deusa enlouquecida
sentindo teus pelos sobre a minha pele.

Neste instante já não sou nada,
somente corpo,
boca,
pele,
pêlos,
línguas,
bocas.
E a vida brota da semente,
dos poucos segundos de êxtase.
Tuas mãos como um brinquedo
passeiam pelo meu corpo.
Não revelam segredos
desvendam apenas o pudor do mundo,
descobrem a febre dos animais.

Então nos tornamos um
ao mesmo tempo em que
a escuridão explode em festa.
A noite amanhece sem versos,
com a música do seu hálito ofegante.
O sol brota de dentro de mim.
Breves segundos.
Por alguns instantes dispo-me do sofrimento.
Eu fui feliz.