sexta-feira, fevereiro 13, 2009

sou

"Não sou mais do que um fundo poço. Sou extremista em individualismo, em determinação, em teimosia e em solidão.
Em egoísmo, em ambição, em amor-próprio. Desafio-me com facilidade para lutas cegas, exijo sempre metas distantes, invejo todo o saber, autorizo-me a qualquer tipo de iniciação.
Tudo me urge. (…)
Se eu própria me bastasse, fugiria para sempre. Do teu corpo, das mãos quentes.
Mas sou frágil como um grão de neve.
Derreto-me com leves sussurros e a ternura estonteia-me.
Sofro de constante abstinência de amor."

“Alexandra Maria” in A Noiva Judia

8 comentários:

Mlee disse...

Ai, o Pedro Paixão ... Não há linha de um livro do Pedro Paixão que não nos atravesse!

Jokas e bom fim-de-semana

Vekiki disse...

Pedro Paixão, adoro :)

LopesCa disse...

Passei só para desejar um
Feliz Dia de São Valentim :)

Ars disse...

Bom, muito bom.

mfc disse...

Não se pode deixar de gostar!

Su disse...

mlee; vekiki; lopesca; ars; mfc....


vero..não se pode deixar de gostar:)



jocas maradas .sempre

Pedrasnuas disse...

Quem levanta a fasquia sofre as consequências da sua própria impotência...loll

jocas maradas

Pedrasnuas disse...

A foto está óptima