terça-feira, outubro 16, 2007

Tenho razão de sentir saudade,












disse o poeta



Sim, tenho saudades.

13 comentários:

wind disse...

Raio de palavra e sentimento. Éramos mais felizes se não tivéssemos.
Beijos

mfc disse...

Todos temos saudade de alguma coisa e ainda bem!

Bartolomeu disse...

Sim, sinto saudades do tempo sem tempo, do riso de infância do espaço livre, das férias de verão.
Um dia... terei saudades das saudades que hoje tenho...

Gi disse...

também ... de tanta gente ... de tanta coisa. às vezes até de mim ...

beijos

as velas ardem ate ao fim disse...

Eu hoje estou a morrer de saudades.

bjinho e abraço apertado

Fernanda e Poemas disse...

Olá Xanax,todos temos saudades de algo.
BEIJOS,
Fernadnha

C Valente disse...

Saudade palavra muito portuguesa
que muito diz e traduz
Saudações amigas

♥≈Nღdir≈♥ disse...

Venho convidar-te a brindar comigo ... É dia de festa lá no meu cantinho...

., . - . - , _ , .
.) ` - . .> ' `(
/ . . . .`\ . . \
|. . . . . |. . .|
. \ . . . ./ . ./
.. `=(\ /.=`
.... `-;`.-'
......`)( ... ,
....... || _.-'|
........|| \_,/
........|| .*´¨)
¸.•´¸.•*... ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•` *
*´¨) мιℓ вєιנoѕ♥*♥
¸.•´¸.•*... ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•` **♥*♥

Gi disse...

Só razão?
Saudade faz parte de nós.
Beijinhos

Parvinha da Silva disse...

soube-me tão bem a tua visita. E, em uníssono, repito o lamento de Drummond de Andrade

Tenho razão de sentir saudade,
tenho razão de te acusar.
Houve um pacto implícito que rompeste
e sem te despedires foste embora.
Detonaste o pacto.
Detonaste a vida geral, a comum aquiescência
de viver e explorar os rumos de obscuridade
sem prazo sem consulta sem provocação
até o limite das folhas caídas na hora de cair.

Antecipaste a hora.
Teu ponteiro enlouqueceu, enlouquecendo nossas horas.
Que poderias ter feito de mais grave
do que o acto sem continuação, o acto em si,
o acto que não ousamos nem sabemos ousar
porque depois dele não há nada?

Tenho razão para sentir saudade de ti,
de nossa convivência em falas camaradas,
simples apertar de mãos, nem isso, voz
modulando sílabas conhecidas e banais
que eram sempre certeza e segurança.

Sim, tenho saudades.
Sim, acuso-te porque fizeste
o não previsto nas leis da amizade e da natureza
nem nos deixaste sequer o direito de indagar
porque o fizeste, porque te foste

Su disse...

wind.....não sei..........beijo

mfc....sempre....

bartolomeu...já as tenho..hoje...

gi...tanta a saudade..imensa....sempre,bjinho


as velas...somos duas mortas....

fernanda...por isso ela existe em nós....

c valente..vero, assim é.bjo

nadir..já lá fui.....:)beijo

gi....não é só razão.....obvio q não.....

parvinha da silva.....era esse o poema...bjo


jocas maradas..............e saudades ............tantas.....

António Almeida disse...

é bom sentir saudades...
é sinal que se gosta de alguma coisa.

Anjo disse...

Hoje também eu tenho saudades...
Beijo de boa noite