sexta-feira, outubro 26, 2007

divulguem

Um senhor chamado Guillermo Habacuc Vargas, da Costa Rica, expôs um cão vadio faminto numa galeria de arte.

O cão esteve preso por uma corda curta, sendo que ninguém alimentou ou deu água ao animal, que inevitavelmente acabou por morrer durante a exposição.
No entanto, este animal - o artista, não o cão- foi nomeado para representar o seu país na 'Bienal Centro americana Honduras 2008'.

Podem ver o horror aqui.

LEIAM A NOTÍCIA AQUI

Existe uma petição onde é pedido que ele não receba este prémio
http://www.petitiononline.com/13031953/petition.html

7 comentários:

Cristina disse...

Já vi em vários blogs e já assinei a petição...é mesmo um horror!

blueminerva disse...

"Reconhece-se o grau de civilização dum povo pela maneira como trata os seus animais."

Mahatma Gandhi

Um putice!
E mais não digo.
Um abraço

KI disse...

Completamente revoltante e sem palavras suficientes para classificar. Assinei ontem.

Obrigada pela informação.

Abraço.

Rosario Andrade disse...

Ja assinei a petição! A arte não pode ser desculpa para cometer actos criminosos, terroristas e de violência e crueldade gratuitas!

Bjicos

Rosa dos Ventos disse...

Desculpa, não tenho coragem de ver!

Abraço

Mónica Pestana disse...

Olá Su,

vim ter ao seu blog através de Rui Caetano.

Tive a infelicidade de ver a falta de escrúpulos desse homem para com um animal...e como voçê disse...aqui o animal é mesmo o artista...que idiota!

A primeira coisa que fiz foi assinar a petição, agora é esperar!

Um abraço.

C Valente disse...

este atista devai se submetido á mesma condição do cão, para ver se apreciava, e se morrer-se nada se perdia
Saudações amigas