sexta-feira, julho 07, 2006

passos


Sinto os passos de Dor, essa cadência
Que é já tortura infinda, que é demência!
Que é já vontade doida de gritar!

Florbela Espanca

9 comentários:

marco disse...

bela pernoca

pb disse...

concordo com o marco, bela perna !! e se apetece gritar, grita !! beijos e bfs

perola&granito disse...

bom fim de semana :)

wind disse...

Demasiado depressivo ler estes poemas de florbela Espanca.
beijos

Luís Monteiro da Cunha disse...

Passo
passando,
como quem
passa,
por obra e graça,
no passo
cadenciado,
do passo
do tango
e passo,
ao fandango,
passei?
Passos trocados...
Onde errei?!


Bom fim de semana, lol

Su disse...

marco...:))))

pb...tenhode gritar baixinho...beijos

perola.....felz fim de semana

wind...pois são, e leio.os qd estou assim....beijos

bufagato...passos trocados/onde errei?...beijo


jocas maradas

pb disse...

Su, baixinho porque ? grita a plenos pulmões, deita pra fora o que te vai na alma!! beijos e bfs

hl disse...

A dor passa, não importa qual, a vida é sempre mais forte ainda que no desespero não pareça:)
Beijinhos:)

AS disse...

Se tens vontade de gritar... Grita!...