segunda-feira, setembro 28, 2009

Enleio

Não sei se volteio/ Se rodopio/ Se quebro / Se tombo nesta queda / em que passeio
Não sei se a vertigem / em que me afundo/ é este precipício em que me enleio
Não sei se cair assim me quebra... Me esmago ou sobrevivo/ em busca deste anseio

Maria Teresa Horta

7 comentários:

Vera disse...

Esta Mulher é o MÁXIMO!!!!
Beijos
Ps - desculpa a ausência :-S

Leonor disse...

Lindo!
A Maria Teresa Horta tem palavras maravilhosas, sem dúvida ...
Beijokas

sonja valentina disse...

dúvidas...

continuando assim... disse...

não sabemos...

Arabica disse...

...que lindo olho azul tu tens!!

Su disse...

vera; leonor; sonja; continuanso assim, arabica...............



prometo, correr os "meus bem amados" linkados :)
logo que me passe esta "moleza"

jocas maradas......sempre

Spiritual disse...

Talvez se meter ordem na barafunda... consiga tirar melhor partido até do precipício, do enleio e do anseio... :) Talvez assim possa cair sem se quebrar... se esmagar até, mas sobreviver ainda assim... afundar-se, ter vertigens... mas lá longe... como quem vê um filme... :)