terça-feira, novembro 06, 2007

Saudades


foto de Sérgio P.

-
-
-
-
-
-
-
-
-
Saudades!
Sim…talvez...e porque não?...
Se o nosso sonho foi tão alto e forte
Que bem pensara vê-lo até à morte
Deslumbrar-me de luz o coração!
Esquecer! Para que?...
Ah, como é em vão!
Que tudo isso, Amor, nos não importe.
Se ele deixou beleza que conforte
Deve-nos ser sagrado como o pão.
Quantas vezes, Amor, já te esqueci,
Para mais doidamente te lembrar
Mais doidamente me lembrar de ti!
E quem dera que fosse sempre assim:
Quanto menos quisesse recordar
Mais a saudade andasse presa a mim!


Florbela Espanca
Poesia Completa
Livro de Soror Saudade1923

14 comentários:

Pink disse...

"Tu invejas a dor que vive em mim!
E quanta vez dirás a soluçar:
-Ah! Quem me dera, Irmã, amar assim!..."
Claro que gosto muito da Florbela...mas evito-a quando ando meio cinza, faz-me relembrar do passado coisas que me fazem ficar ainda mais triste!
Mas como ando mesmo em dias pinks...
Boa semana por aí no "Jardim".
Até!

Gi disse...

Florbela é demasiado triste. Uma escrita muito dorida, muito sofrida.
Vou-a evitando embora reconheça a beleza de muitos dos seus escritos.
Compensaste com a imagem. As papoilas enchem a alma.

Um beijo

Noite feliz

KI disse...

Curioso logo hoje deparar-me com este soneto"...se o sonho..." e sim acho q vou ter saudades de muita coisa e muita gente.

Tudo de bom, até sempre miúda gira :)

margusta disse...

Olá Querida Su,
...tb eu tinha saudadesde te ver por lá..de te ter por lá...
Embora tenha postado, tenho andado um pouco afastada das visistas aos amigos...são fases...

Adoro Florbela Espanca!!!...


Um beijo grande para ti!

sombra e luz disse...

mágnifica imagem... rubra, rubra, rubra... como o sangue, como a vida, mesmo quando se esvai de saudade, fica o poema da cor, da dor, e da frágil flor...

C Valente disse...

Passei para desejar uma boa noite
Saudações amigas

Antona disse...

BEijos amiga

C Valente disse...

Saudade, palavra tão portuguesa
Saudações amigas

lapa disse...

também eu...

Rômulo e Remo disse...

Há imensos obstáculos que têm que ser ultrapassados para tornar um sonho realidade!Será que o primeiro passo já foi dado??????
(S*) BRUNILDA

Afrodite disse...

Foi um prazer passar por aqui, deixar-te um beijo e reler este poema.

Até breve

Daniel Aladiah disse...

Querida Su
De uma romântica para outros que tal...
Um beijo
Daniel

Su disse...

pink.....dorida de cinza.......beijos

gi..demasiada sim....mas eu sou sempre em demasia:) beijos menina

ki..saudades..tantas.....em mim...

margusta...querida margusta ..não esquecida....a falta de tempo existe em mim....beijos sempre~


sombra e luz....amei estas flores/cores com as saudades que sinto na alma....

c valente...merci.bjo

antona..beijos amigo


lapa.....dois....

romulo e remo...aiiiiiii não foi........os obstaculos tantas vezes são verdadeiras vendas-----

afrodite....gosto de ti.jocas

daniel.....sentimental...eu sou...beijo



jocas maradas....sempre

Clitie disse...

Por vezes fico deprimida ao ler Florbela, de outras faz tanto sentido...

Beijinhos
wwwinsular.blogspot.com