segunda-feira, setembro 19, 2005

ohhhhhhhhhhhhhhhhhhhh



"A falsa moralidade é um dos piores defeitos portugueses. Deus nos defenda da língua de certo mulherio de meia-idade de uma aldeia.

Do "diz-se" do "consta por aí".

É uma moralidade trabalhada pela preversidade dos confessionários e da beatice pelo espreita por trás das cortinas, pela hipocrisia.

Um tesão à custa do alheio"

M.H. M.

8 comentários:

JSilvio disse...

A lingua portuguesa só por si é traiçoeira..na boca de certa "gentinha"...é fatal :S
*

noiseformind disse...

E nem é só isso, que confessionários já nem os há. É a frustração pura dos falhados emocionais que não conseguem trabalhar as suas expectativas até memórias reais e acontecimentos históricos

terragel disse...

SU,tu falas isso porque não conheces a cidade que eu nasci. É bem verdade que a cidade foi formada por colonizadores portugueses e libaneses. O fuchico é a sabedoria principal do povo que hoje vive lá. Eles inventam a estória e ainda por cima arranjam testemunhas, quase sempre suas invenções são maldosas. Por isso saí de lá nos anos 70.
Bjs

mfc disse...

Concordo contigo.
Ao olhar para a imagem lembrei-me do espectáculo que vi no Crazy Horse em Paris.
É um bailado nu, em que as bailarinas são vestidas com luzes.
É soberbo!

Freddy disse...

Curta e grossa...Tau!

Beijito da Zona Franca

marakoka disse...

ok mcf na proxima meto uma dessas para gostaresssssssssssssss:)))))

e freddy é assim mesmo ....Tttau!!!

sonia disse...

só não concordo com uma coisa... a má-lingua não está restrita a baetas e moralistas... há muita falsa moralidade escondida por baixo de muitas "mentes abertas". hoje em dia pode-se ser discriminado por não se ser diferente...
beijinhos

alfinete de peito disse...

Pois os púdicos cá do burgo também nos irritam solenemente!
Enfim, os padres também têm culpa no cartório ;)

Beijos, Mercador e Grizo