quarta-feira, setembro 15, 2010

Vôo

foto de clementecmc
Alheias e nossas as palavras voam.
Bando de borboletas multicores, as palavras voam
Bando azul de andorinhas, bando de gaivotas brancas,
as palavras voam.
Viam as palavras como águias imensas.
Como escuros morcegos como negros abutres, as palavras voam.

Oh! alto e baixo em círculos e retas acima de nós, em redor de nós as palavras voam.
E às vezes pousam.


Cecília Meireles

3 comentários:

wind disse...

Paroles, paroles, paroles:)
Beijos

Pirate disse...

As palavras voam sem rumo e às vezes sem sentido. Eu prefiro as escritas às faladas, porque as primeiras podem ancorar por uns instantes em porto seguro para as apreciar-mos, antes de zarparem para outras paragens...

Su disse...

wind....que não sejam ocas:))

pirate...vero....que fiquem as escritas feitas tatuagens:)


jocas maradas para ambos